domingo, 30 de dezembro de 2012

Cook, Cook, Cook.../ Cozinhar, Cozinhar, Cozinhar...

Today my grand, me and my sister, spend all the day cooking cakes for the B´day party tomorrow.
When I woke up I was already tired, don´t know why but it´s a fact, and then I needed to go to the kitchen and... let´s go! Chocolate here, sugar there, etc... Lots of ingredients!
  We did "Taça Maravilhosa" a tipical family cake, big and famous of beeing delicious. Seriously?! I hate it! However, we did that and now I´m free of the kitchen. I seriously don´t know how my grandma can stay all day in front of the stove... O_O
    I hope I have been of some help at that moment, I was practically an assistant all the time. But a good one :D Anyway, kitchen it´s not with me. I feel jealous of those japanese girls from the animes and in real life that really cooks well, like...fantastic!! x3


Hoje a minha avó, eu e a minha irmã, gastámos o dia todo a cozinhar bolos para a festa de aniversário amanhã. Quando eu acordei já estava cansada, não sabia porquê mas era um facto, e depois ainda precisei de ir à cozinha e... vamos lá! Chocolate aqui, açúcar ali, etc... Uma porrada de ingredientes!
   Nós fizémos "Taça Maravilhosa" um bolo típico da família, grande e famoso por ser delicioso. A sério?! Eu odeio! De qualquer maneira, nós fizémos e agora estou livre da cozinha. Eu realmente não sei como é que a minha avó consegue ficar o dia todo em frente do fogão... O_O
  Eu espero ter sido de alguma ajuda naquele momento, eu era praticamente uma assistente durante todo o tempo. Mas uma das boas :D De qualquer maneira, cozinha não é comigo. Tenho inveja daquelas meninas japonesas dos animes e da vida real que cozinham realmente bem, tipo... fantásticamente! x3

(Pic. Cooking)

             
 
 The Blogger /A Blogger

 

sábado, 29 de dezembro de 2012

Sinto-me Chefe! / I feel Boss!

Okay, today it´s not a big day but I helped one friend of mine to do a blog. I realized that now it seems more dificuld than it was before. I mean, before, one year ago and so on, doing a blog was something easy but toilsome. Now, it´s more easy because we have a place to put the title and that all stuff.
  Months ago when I restarted Comedia Rissol, I saw the Blogger very diferent then how it was before. I imediatly thought: "Oh god, what happened here?" - but what could I do at that moment? The things change but sometimes not for the best, but yes for the worst. I thought this was the bad case.
  Now I´m okay with all the blogger stuff and buttons and gadgets. It´s okay but I need to say: "If this thing continues to change... people, I´m not sure if they are doing the right thing!"


Okay, hoje não é um grande dia mas eu ajudei uma amiga minha a fazer um blog. Eu cheguei à conclusão que agora isto parece mais difícil do que era antes. Quer dizer, antes, um ano atrás e assim, fazer um blog era algo fácil mas trabalhoso. Agora, é mais fácil porque nós temos um sítio para pôr o título e todas essas coisas.
   Uns meses atrás quando eu recomeçei o Comédia Rissol, eu vi o Blogger muito diferente de como era antes. Eu pensei imediatamente: "Oh meu deus, o que aconteceu aqui?" - mas o que é que eu poderia fazer nesse momento? As coisas mudam mas às vezes não para o melhor, mas sim para o pior. Eu pensei que este era um caso mau.
   Agora estou bem com todas essas coisas do blogger e butões e mini-aplicações. Está tudo bem mas eu preciso de dizer: "Se esta cena continua a mudar...pessoal, não tenho a certeza se eles estarão a fazer a coisa certa!"

(Pic. Thinking in Blogger - by Me)


                                                              The Blooger

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Só mais 4 dias ; only 4 more days

You have 4 more days until the final decision and the end of the polls. Until 31th December you need to choose the best opcion suggested on the poll. (Main the second poll, that is the poll that really cares).
  You already saw one of my draws and from now on you have an idea of what my kind of draw is. (I hope you have enjoyed). But even if that opcion wins I will continue posting things that you suggest in the main page so, this is just a joke, one thing to know if Comédia Rissol could be better than it is now. So, don´t worry, I´ll continue with all of the pages, even the pages that have been stopped lately.
  However, I am glad that the blog have 9 followers but of course I want more but, now I´m busy and I didn´t have enough time to dedicate to the blog... But you can give me that fantastic gift of Christmas+ Birthday (31Dec) : more followers and comments in the blog. I´ll be very happy if that really happens.
  Well, enough already. I´ll live that part with you minna ;)


Tens mais 4 dias até à decisão final e ao fim das sondagens. Até 31 de Dezembro tu tens que escolher a melhor opção das sugeridas na sondagem. (principalmente a segunda sondagem, essa sondagem é a que realmente interessa).
  Tu já viste um dos meus desenhos e a partir de agora já tens uma ideia de como o meu tipo de desenho é. (Espero que tenham gostado). Mesmo que essa opção vença eu irei continuar a postar coisas que sugiras na página principal por isso, isto é só uma piada, uma coisa para saber se o Comédia Rissol poderia ser melhor do que é agora. Por isso, não te preocupes, eu irei continuar com todas as páginas, mesmo aquelas págias que têm andado paradas ultimamente.
  De qualquer maneira, eu estou contente que o blog tenha 9 seguidores mas é óbvio que eu quero mais mas, agora estou ocupada e não tenho tido tempo suficiente para dedicar ao blog... Mas tu podes dar-me essa fantástica prenda de Natal+Aniversário (31Dez) : mais seguidores e comentários no blog. Eu irei ficar muito feliz se isso realmente acontecer.
  Bem, já chega. Eu irei deixar essa parte com vocês minna ;)

 
 
                                                                                                 The Blogger/ A Blogger

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Project C.R.I.C. (Comédia Rissol Internacional Christmas)

One year ago I made this blog that I called 'Comédia Rissol'. Now, one year after that "birth" I´m trying to disclose it and share it in all social networks. It is not so easy that I thought so, I´m trying to translate Comédia Rissol to be more internacional, because I saw that in portuguese I can´t do it.
  I thought in put active the google translator but I´m not sure if it is a good idea because google translator is the worst translator I ever seen. So the project 'C.R.I.C' (Comédia Rissol Internacional Christmas) had the objective of sharing the blog and also the official page on facebook.
  And also for me, to train my english, I´m motivated. (no promises). For now I´ll try to play with my english and get Comédia Rissol a better blog with that. (I´ll be glad if this really works...)

If you have any opinion about this and if you want to critizice this, you can do it, just go into the comments button below (I´m just saying because you can possible be a noob in this things) or you can also do your comment in the ChatRissol on the lateral bar. I really want to know your opinion, think and then tell me what do you think about this "reawakening" of Comédia Rissol. See ya and Happy Christmas everybody!! ^ ^

[Pic. Suzumiya Haruhi no Yuuutsu]
(one christmas anime)

                                                                                                                                              The Blogger

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Como vai tudo... e Fim do Mundo? Poupem-me!

Se eu já estou a escrever coisas estúpidas de tamanha barbaridade, é porque sim, anda tudo estranho, devem ser os efeitos colaterais de Dezembro.
  Ainda estou para ver o fim do mundo acontecer... (não, eu não acredito nisso)
Aqueles Maias a fazer piadinha de tudo, só para verem como até antigamente se fazia coisas estúpidas. As piadinhas já duraram demais no Facebook. Bem, vamos ver se se verificam REALMENTE...
A Blooger

Porque agora eu sou Alguém - 1ª Música da Auto-Estima

Fiz uma música um bocadinho... para o MUITO podre mas, é a expressar também como eu sou, talvez uma tentativa de melhorar a minha auto-estima. Agradeço a minha onee-chan Leonor, porque foram as músicas que ela me mostrou que me inspiraram (mas as delas não são assim podres como esta que eu fiz). Atenção: é só a letra! (Eu NUNCA canto).
Tem umas palavrinhas que enfim...mas desculpem lá qualquer porcaria que eu eventualmente seja :|
Depois eu ponho alguma coisa mais kawaii para compensar este desastre:


Porque Agora Eu Sou Alguém

 

Olho pelas palavras
Anoto as minhas falas
Tudo não passa de um não...

Tento esconder que não sofro
Tento morrer porque me sufoco
Nas brechas da escuridão

Mas agora que tudo mudou
Em que o céu já é diferente
Quando o meu coração parou
E eu continuo deficiente
 

Refrão:


Em que as minhas mãos já não agarram
E a boca já não morde
Em que o chão não passa de chão
Onde um cão mija e uma pessoa cospe

Agora eu sou diferente
E vou-te agarrar
Penetrarei a tua mente
Como ninguém ousou penetrar

Agora já ninguém me impede
Não posso parar
O caminho é em frente
E não és tu quem o irá mudar!

Agora eu sou diferente
E vou-te agarrar
Penetrarei a tua mente
Como ninguém ousou penetrar

Porque agora eu sou alguém
E reconheço o meu dom
E tu não és ninguém
Comparado ao que eu sou

(…Longa pausa…)

Todas essas palavras estúpidas
Que me enchiam de desilusão
São como sanitas públicas
Entupidas de cagalhão

E quando me tentam dizer (és burra)
Ou me tentam comparar
Eu tapo os ouvidos para essa gente
Porque não é essa gente
 Que me vai fazer mudar 

Refrão:

E as minhas mãos já não agarram
E a minha boca já não morde
E o chão não passa de chão
Onde um cão mija e uma pessoa cospe

E agora eu sou diferente
E vou-te agarrar
Penetrarei a tua mente
Como ninguém ousou penetrar

(BIS)

Porque agora eu sou alguém
E reconheço o meu dom
E tu não és ninguém
Comparado ao que eu sou
                                                                                        Aquela que REALMENTE não devia escrever mais letras para canções:
 A Blogger

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Abençoado SAI (Programa de Desenho)

Esta imagem é para valer por mil palavras que eu não digitei este tempo todo. Vou fazer um calendário com personagens da minha história, uma por cada mês, no próximo Dezembro se tudo correr como planeado deve estar acabado. Esta é para o mês em que estamos, e decidi começar por Dezembro não só por isso mas também porque foi o mês em que eu nasci, e assim seria o mês em que nasceria este albúm (calendário). Espero que gostem ;) E se concordarem criarei uma aba só para desenhos meus e outros (se quiserem).

                              [clica para veres em grande]

[Fig. Angelina Ruri]
(Personagem principal da minha história)
...Criada à 6 anos...

                                                                                                          A Blogger

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

O Blog tem Vida!

Agora sim pode-se dizer que há esperança! Há esperança para o blog crescer mas o público é quase nulo, se visitas este blog recorrentemente, ou o segues ou simplesmente gostas dele dá LIKE na página oficial do Comédia Rissol http://www.facebook.com/#!/blogcomediarissol?fref=ts e põe uns comentários de vez em quando. O blog tem vida, é essa a intenção de todo o projecto de desenvolvimento do blog! Que ele tem vida e está aqui para mostrar isso, por isso se tiveres algum pedido de um tema que querias que fosse abordado num post do Comédia Rissol, não hesites! Vai ao chat do blog, ou aos comentários ou ainda à página oficial e divulga o teu pedido! ;)

[Fig. Sakura Card Captors]
 
                                                                                                                       A Blogger

sábado, 15 de dezembro de 2012

Os Vocaloid

Há quem sonhe ir a um concerto desses aí *----* Eu sou uma dessas pessoas, desde o Project mirae a project DIVA , os vocaloid surpreendem, e quem acha que música da boa tem que ser em inglês essa pessoa que olhe de novo em volta porque o mundo vai mudando e os gostos também. Alguns para melhor e alguns para pior:(Gangnam Style e "Ai se eu te pego") mas eu estou a falar de um caso bom. É uma pena que só realizam concertos no Japão e nos Estados Unidos da América, senão eu já estaria num! *-------*

[Fig. Kaito, Luka, Miku, Rin, Len...]
(Os Vocaloid)
          
                                                                                                                             A Blooger

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Um texto no meio de muitos...

Há tantos textos no mundo mas, eu fiz este, era para ser um conto mas ficou provavelmente a coisa mais mini de sempre. De qualquer maneira o suposto é ser sobre uma menina que vivia aprisionada não se sabe porquê numas trincheiras da 1ª Guerra Mundial. Eu pessoalmente odeio este tema mas era a única coisa que me vinha à cabeça depois da aula de história que tive hoje...Por isso espero que tenham tanta paciência para ler como eu tive para escrever....:


Era Inverno feito, caminhava pelos trios de terra com balas entaladas nas brechas uma refém de Alword*, a pobre menina nem nada via à frente. Todo o seu futuro não seria mais que uma cama escura de deceção. Agora que perdera o seu tio-avô, Yahara já não era mais a sua terra. Deixou-se levar pela tristeza daquele dia passado pelo qual tanto chorava já faziam 3 anos.

  - «Não sei porque insisto em sobreviver… Já não tenho mais para onde voltar, Yahara deixou-me submetida à angústia que é ser de ninguém…»

Os cabelos já não lhe eram da cabeça se os seus olhos não fossem da cara, os olhos já não seriam da cara se os braços não fossem dos ombros e seguia por aí em diante, até que terminava dizendo: “Eu já não sou ser vivo se Yahara perdeu a vida”.

Nunca ninguém tinha visto uma refém tão patriota, aquela menina de cabelos desvairados ao vento, de olhos colados nas brechas dos tijolos a tentar ver o céu… Ela só queria o céu, estar presa debaixo da terra era sinal de morte pra ela. “Para que é que nascemos ser de pé no chão se até o chão está acima de nós?” – e começava e terminava dizendo este tipo de coisas. Ninguém a encarava como devia de ser, Erica sempre fora menina do céu, se alguém dizia: “eu gosto do céu” ela queria ser o céu, se alguém dizia: “eu gosto das estrelas” ela queria ser uma estrela. Tudo para que as pessoas a vissem como alguém a gosto delas.

Um dia caminhando estreito entre as portas e as rachas das paredes Erica viu o céu, esticava-se cada vez mais um pouco sentindo-se mais perto de fazer parte dele. Acreditava profundamente que se estende-se a sua mão bem forte em direção ao céu haveria outra mão amiga que a puxaria e a tiraria dali, mas não era bem assim…

Ao esticar-se para tentar apanhar o céu, Erica caiu de cara no chão e olhou à sua volta. O que era aquilo tudo? Seria uma guerra? Bem que ela tinha visto balas entaladas no chão mas sempre acreditou que fossem sementes de uma plantação, nunca foi sábia o suficiente pra entender a terra.

Fugiu para a terra de ninguém que era o ponto mais alto para dar a mão ao céu, até que sentiu o sabor daquela sua imaginada plantação, uma “semente” perfurou-lhe o coração, e ela finalmente deu não só a mão, mas entregou-se por completo ao céu, dando-lhe o voto de confiança para desta vez ser feliz
(*alguém que eu inventei só para não ser tão vaga)
 
                                                                                                                      A Blooger
 

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

One Piece

Nem preciso dizer nada, este anime de certeza que superou as espectativas do seu criador. Parabéns Oiichiro Oda, obrigada por este anime sukee.

 
                                                                                               
  A Blooger

A dor de estar proibida de desenhar anime...

Sento-me na desilusão que foi aquele feito
Palavras das quais fiz desenhos já não fazem mais sentido
Desenhos os quais estranhos, já não valiam nada.

O passado de todas as minhas vagas ou específicas descrições
Já não passavam de borrões
Do passado.

Palavras de agora já não têm algumas consoantes,
Desenhos de outrora não eram semelhantes.

«Se antes se via o céu da mesma maneira,
porque é que agora ele já não brilha como o orvalho de uma roseira

Procurar ilusões de felicidade de épocas iguais,
Vem tudo dos tempos imemoriais,
em que tudo era passado branco e limpo.

Agora as palavras e o céu são expressos de outra maneira.
O caminho para o sucesso não é ficar preso ao passado, nem provocar o futuro;
O segredo é manter o Presente como o nosso traço
E caminhar passo a passo
Até ao fim do escuro
Que é o esteriótipo de arte, o «realismo»...

(Fig.1 - One Piece: Luffy, Nami, Sanji)
[One Piece é um anime famoso]
 
                                                                                                                                           A Blooger

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

"O que é que queres ser quando fores grande?..."

Quantas vezes é que já não vos perguntaram isso quando eram pequenos? A mim muitas, e agora que tenho SPO (serviço de psicologia e orientação) na escola, ainda mais. É uma boa pergunta mas normalmente quando respondo as pessoas dizem: "Man..QUeÊ?" ou então: "QuAnTaSS??"... Daí que, desde que não me seja solicitado pelos professores a responder, eu não gosto de responder.
  Mas já que estou aqui no blog, posso dizer. Para quem já segue o blog desde o ano passado, ou à um tempo semelhante à data, já deve ter reparado que eu adoro anime, Japão, japonês. Mas principalmente o anime e é sobre isso que eu vou falar.
 "- O que é que queres ser quando fores graande??" - pergunta-me uma criançinha
 " - Eu quero ser Mangaka." - respondo
 " - Humm... E o que é isso?"
É nesse ponto que vou responder. Mangaka originalmente é alguém japonês que desenha anime para expor na televisão nacional, e muitas vezes, os bons animes, chegam até a ser dobrados ou legendados e vendidos para o estrangeiro. Claro que aqui em Portugal (país inculto) NINGUÉM sabe o que é um mangaka.
  Mas para se ser mangaka tem que se ter certas características, e há uma muito restrita e intocável, e por muitos, bem como eu, inalcançável. Que é: ser-se japonês. E tanto eu, como todas as pessoas do mundo, não podemos mudar isso nem ceder a isso, só voltando 14 anos atrás e dizendo da barriga da minha mãe préviamente assim: "Olha mamã, vai para o Japão para eu nascer lá que depois mais tarde quando for grande quero ser mangaka, está bem?" ;Mesmo que eu me nacionalizásse como sendo de lá não me iriam aceitar, para mim, é puro RACISMO.
 Tudo bem que têm os seus direitos como autores do maior género assistido de desenhos animados, com destaque para o shoujo-anime, muito assistido no Japão e no Brasil, mas todo o resto do mundo tem o mesmo direito de ser um mangaka por desenhar anime, por isso mesmo isso sendo tudo racista eu vou lutar por conseguir o que quero e me tornar a primeira mangaka oficializada não-japonesa, e dar um certo brilho a Portugal com isso. Portugal não é só Luís de Camões, Gil Vicente, Eça de Queiroz e Amália Rodrigues... tem cá mais alguém, e esse alguém chama-se Mafalda Policarpo.

(Fig.1 - A 1ª personagem da minha história que pintei)
[...Há um ano atrás...]
                                                                                                                                          A Blooger

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Dezembro: O mês da escuridão...

Nunca sentiram que havia uma dada altura do ano, em que acontece um fenómeno, ou vários, paranormais ou simplesmente assustadores na vossa vida? Bem, eu pelo menos já. É sempre em Dezembro que desperta em mim a tristeza e o terror das prováveis más experiências do passado. Parece um reviver de espíritos das mil e umas sensações que tive e momentos por que passei. Dezembro é sinónimo de más notícias para mim, este ano já tive más notícias em Dezembro, azar em Dezembro e também algumas más notas (EM DEZEMBRO).~
   Antes, quando era uma criança alegre, gostava de Dezembro como qualquer criança gosta de presentes, (até porque para as crianças Dezembro é sinónimo de presentes de Natal).
Para mim não era só de Natal, também era o meu aniversário na passagem de ano (31 de Dezembro) mas tornou-se dos dias mais temidos por mim desde à uns anos quando o cancro da minha mãe começou, dois dias antes da data.
  Bem, o que passou passou e eu podia simplesmente passar uma borracha no assunto! Mas eu sou uma pessoa complicada de entender e às vezes quando penso que está algo bem e não me importo, no dia a seguir já me importo e já choro por isso. Cada vez me entendo menos cada vez que algo acontece, e fico cada vez mais na escuridão do meu ser.
  Serei eu a luz tapada pela escuridão de Dezembro, ou será Dezembro a luz tentando tapar a minha escuridão?...
 
                                                                                                                                  A Blooger